Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Maio, 2015

DEUS TEM UM CORPO?

Texto: Esdras Kutomi

Nas revelações modernas aprendemos que “o Pai tem um corpo de carne e ossos tão tangível como o do homem; o Filho também; mas o Espírito Santo não tem um corpo de carne e ossos, mas é um personagem de Espírito. Se assim não fora, o Espírito Santo não poderia habitar em nós” (D&C 130:22). Acreditamos que esse seja um corpo perfeito, tal qual o próprio Pai é perfeito. O Senhor ensinou no sermão da montanha: “Sede vós pois perfeitos, como é perfeito o vosso Pai que está nos céus” (Mateus 5:48). Poderemos ter um corpo perfeito por meio da ressurreição, um tema a ser abordado mais adiante.
Conforme aprendemos sobre a Trindade, O Pai, o Filho e O Espírito Santo são seres distintos. Um profeta moderno ensinou: “Afirmo-lhes que Eles não são a mesma pessoa, mas são duas pessoas, dois corpos, separados e distintos, da mesma forma que qualquer pai e filho”. [1]
Aprendemos também por meio de outro profeta moderno sobre a Trindade: “Três personagens glorificados, exaltado…

Alguém Já Viu Deus?

Texto: ADRIANO DE JESUS


Há bem poucos registros de ocasiões em que Deus, o Pai, se manifestou ao homem ou falou com ele. No mundo religioso de forma geral, há bastante divergência quanto a este ponto. Os santos dos últimos dias, porém, são categóricos ao afirmar que sim, Deus já foi visto pelo homem, os céus não estão cerrados e que aos que se purificam diante d’Ele, Deus as vezes concede o privilégio de receber sua presença.


Adão e Eva

O primeiro registro da comunicação de Deus com o homem (na esfera terrestre) se encontra no Gênesis; trata-se da criação de Adão e Eva, nossos pais terrenos. A análise desse primeiro registro pode expandir um pouco nossa compreensão da realidade das manifestações de Deus ao homem. Lemos o seguinte:

“ E disse Deus: Façamos o homem à nossa imagem, conforme a nossa semelhança... E criou Deus o homem à sua imagem; à imagem de Deus o criou; homem e mulher os criou. E Deus os abençoou, e Deus lhes disse: Frutificai e multiplicai-vos, e enchei a terra, e sujei…

Catolicismo: Doutrinas e Dogmas - parte 2

Continuação(Para Acessar a postagem anterior clique aqui)
- As Escrituras – “Foi a Tradição Apostólica [1] que levou a Igreja a discernir quais os escritos que deviam ser contados na lista dos livros sagrados” (Catecismo #120). O cânone das Escrituras – que a Igreja Católica chama de “Sagrada Escritura” é composto por 46 escritos do Antigo Testamento e 27 do Novo Testamento [2]. “Os quatro Evangelhos – de Mateus, Marcos, Lucas e João –, por serem o principal testemunho sobre a vida e a doutrina de Jesus, constituem o coração de todas as Escrituras e ocupam um lugar único na Igreja.” (Compêndio #22). Para os Católicos dois personagens são considerados, na Sagrada Escritura, as principais testemunhas de obediência da fé: Abraão, pai dos fiéis, e a Virgem Maria (Compêndio #26). Hoje, diferente do passado [3], a Igreja Católica incentiva seus membros a lerem as escrituras (Compêndio #24).
- O Homem. Para a doutrina católica o homem é a suprema criação divina (Compêndio #63) – “um ser capaz …

A Opinião de um Católico

Num panfleto intitulado “A Força da Posição Mórmon”, o falecido Élder Orson F. Whitney, do Conselho dos Doze Apóstolos, relatou o seguinte incidente sob o título “Uma Opinião Católica”:

“Há muitos anos atrás, um homem instruído, membro da Igreja Católica Romana, veio a Utah e falou no púlpito do Tabernáculo de Salt Lake City. Tornamo-nos bons amigos, e conversamos livre e francamente. Tratava-se de um homem erudito que falava corretamente pelo menos uma dúzia de línguas e demonstrava um grande conhecimento de teologia, leis, literatura, ciência e filosofia. Um dia ele me disse: “Você mórmons são todos ignorantes. Não compreendem nem mesmo a força de sua própria posição. Ora, é tão forte que há somente outra comparável em todo o mundo cristão – e esta é a posição da Igreja Católica. Só entram em questão o catolicismo e o mormonismo. Se estivermos certos, vocês estão errados; se vocês estiverem certos, nós estamos errados e isto é tudo. Os protestantes são indefesos, pois, se estivermos…

Catolicismo: Doutrinas e Dogmas - parte 1

A Igreja Católica possui um conjunto extenso de doutrinas, leis e interpretações escriturísticas. Trata-se, portanto, de tarefa muito árdua escrever um texto que sintetize seus credos. Não obstante, sigo com a tarefa com a intenção de destacar as principais características dessa religião mundial. Grande parte do que exporei abaixo foi retirado do “Compêndio do Catecismo da Igreja Católica” que é um texto elaborado por mais de 20 anos por uma Assembleia de Bispos presidida pelo Cardeal Joseph Ratzinger (que mais tarde tornou-se o Papa Bento XVI). Este texto sempre remete a um texto mais longo, antigo e profundo – o Catecismo da Igreja Católica:
“Trata-se de um texto de referência, seguro e autêntico, para o ensino da doutrina católica, com o qual pode-se conhecer o que a Igreja professa e celebra, vive e reza em seu cotidiano. Ele foi organizado de maneira a expor em linguagem contemporânea os elementos fundamentais e essenciais da fé cristã.” (http://pt.wikipedia.org/wiki/Catecismo_da…

A Criação (Gênesis 1-2) - Parte C

No princípio criou Deus o céu e a terra. (Gênesis 1:1)
DEUS - Em 80% das passagens das obras-padrão "Deus" refere-se ao Senhor Deus - o Todo-Poderoso, Criador dos Céus e da Terra. Deus é um ser glorioso, majestoso, poderoso. Deus é (1) um ofício, (2) uma posição de liderança especial passível de adoração, e também é (3) uma condição. O verdadeiro Deus reúne esses três elementos. 

Ofício. A Trindade é formada por três deuses: o Pai, o Filho e o Espírito Santo. É próprio chamar a cada um desses distintos personagens de Deus Deus o Pai, Deus o Filho e Deus o Espírito . Às vezes as escrituras se referem ao Pai como Nosso Deus (Gálatas 4:3-7) e às vezes ao Senhor Jesus Cristo como Deus (Judas 1:25, 2 Néfi 9:3-4). Por serem unos em todas as coisas (exceto no que tange ao corpo) o Filho comumente fala em lugar do Pai (João 14:7-11). Todavia, os três tem funções divinas diferentes. Portanto, Deus é um oficio do sacerdócio para aqueles que pertencem ao Quórum da Trindade.

O profeta J…

Catolicismo - Introdução

“Católico” quer dizer “universal”. Trata-se, portanto, de uma religião que pretende o mundo inteiro. Assim esta escrito no Compêndio do Catecismo da Igreja Católica: “A Igreja é católica, ou seja, universal, porque nela está presente Cristo. (...) Ela anuncia a totalidade e a integridade da fé; contém e administra a plenitude dos meios de salvação; é enviada em missão a todos os povos, em qualquer tempo e a qualquer que seja a cultura a que pertençam.” (166; Edição Loyola, São Paulo, 2005, pg. 62).
O nome completo da igreja: Igreja Católica Apostólica Romana significa: Igreja – “uma pessoa moral pela própria ordenação divina” na qual “constituída e organizada neste mundo como sociedade, subsiste (...) governada pelo sucessor de Pedro e pelos Bispos em comunhão com ele.” (Código de Direito Canônico da Igreja Católica, Cân. 113 e Cân. 204); Católica – geral, universal; Apostólica – pois reclama autoridade apostólica; e Romana – pois sua sede, o Vaticano, esta dentro de Roma – e seu líd…

A Criação (Gênesis 1-2) - Parte B

No princípio criou Deus o céu e a terra. (Gênesis 1:1)
CRIOU Deus é o Criador do Universo. Alma, antigo profeta nefita, ao enfrentar um filosofo anti-cristo chamado Corior, que exigia um sinal extraordinário como prova da existência de Deus, disse: “Tu já tiveste muitos sinais; queres ainda tentar a teu Deus? Queres ainda que te mostre um sinal, quando tens o testemunho de todos estes irmãos, assim como o dos santos profetas? As escrituras estão diante de ti, sim, e todas as coisas mostram que existe um Deus; sim, até mesmo a Terra e tudo que existe sobre a sua face, sim, e seu movimento, sim, e também todos os planetas que se movem em sua ordem regular testemunham que existe um Criador Supremo.” (Alma 30:44)

Assim aprendemos que há um Criador pelo (1) testemunho dos irmãos da Igreja e dos santos profetas; (2) pelas escrituras; e (3) ao contemplar à própria Criação – a Terra e os Céus. [1] Podemos adquirir um conhecimento real sobre o Criador e Seu Plano misericordioso que envolveu a…

A Criação (Gênesis 1-2) - parte A

No princípio criou Deus o céu e a terra. (Gênesis 1:1)
No princípio – Quando Moisés recebeu a revelação da Criação da Terra teve a árdua tarefa de descrevê-la com símbolos terrenos. Imagine! Deve ter sido uma tarefa imensa! Ele precisou usar palavras comuns para explicar o extraordinário. Moisés estava ciente de que o povo de Deus, que receberia seu relato, precisava compreender o suficiente da Criação para achegar-se ao Salvador. Eles precisam saber que Deus criou a Terra, que o fez de maneira ordenada e sábia, que fez o homem e a mulher à Sua semelhança e que descansou no sétimo dia. A intenção do profeta, portanto, não era a de dar detalhes sobre “como” a Terra foi criada – e nem “quando”.

A expressão “no princípio” não deduz a priori um ponto de partida ou um inicio do nada [1]. “No princípio” trata-se da palavra mais adequada encontrada por Moisés (ou pelos copistas e tradutores) para descrever um momento na eternidade, uma divisão entre eventos, na qual a obra de criação começou …

Introdução à Teologia

O que é Teologia? Essa é a pergunta vital para iniciarmos estudos nesta área. Antes, porém, de trazer uma definição é útil contar que a Teologia sempre foi uma disciplina de interesse dos santos dos últimos dias. Um trecho da História da Igreja ilustra isso:
“Depois dos primeiros esforços da Escola de Profetas, em 1833, a Escola dos Élderes reunia-se durante os dois invernos seguintes, quando os homens não estavam tão ocupados trabalhando na fazenda ou em suas designações missionárias. Ela reunia-se em uma sala de aproximadamente nove por onze e meio metros, no andar térreo da oficina tipográfica, logo a oeste do templo. Seu propósito era o de preparar homens que iriam sair como missionários ou para servir em outros chamados da Igreja. O currículo incluía gramática inglesa, redação, filosofia, governo, literatura, geografia e história antiga e moderna. A teologia, porém, era a matéria que recebia maior ênfase.
Um importante resultado da Escola dos Élderes foi uma Escola de hebraico, r…