Pular para o conteúdo principal

A Criação (Gênesis 1-2) - parte L (Criação do Homem)


E disse Deus: Façamos o homem à nossa imagem, conforme a nossa semelhança; e domine sobre os peixes do mar, e sobre as aves dos céus, e sobre o gado, e sobre toda a terra, e sobre todo o réptil que se move sobre a terra.
E criou Deus o homem à sua imagem; à imagem de Deus o criou; homem e mulher os criou. (Gênesis 1:26-28)

A revelação moderna declara que o Pai Celestial “tem um 
corpo de carne e ossos tão tangível como o do homem”. 
(D&C 130:22) A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos 
Últimos Dias aceita Gênesis 1:26 e Moisés 2:26 de modo 
literal. Como filhos de nosso Pai Celestial, nosso corpo 
físico e nosso corpo espiritual são à Sua imagem.

A Primeira Presidência e o Quórum dos Doze Apóstolos afirmaram: “Todos os seres humanos—homem e mulher— foram criados à imagem de Deus. Cada indivíduo é um filho (ou filha) gerado em espírito por pais celestiais que o amam e, como tal, possui natureza e destino divinos. O sexo (masculino ou feminino) é uma característica essencial da identidade e do propósito pré-mortal, mortal e eterno de cada um”. (“A Família: Proclamação ao Mundo”, A Liahona, outubro de 1998, p. 24.)

"Não há nenhum relato da criação do homem ou outras formas de vida, quando foram feitos espiritualmente. Existe apenas a simples declaração de que foram assim criados, antes de o serem fisicamente. As declarações em Moisés 3:5 e Gênesis 2:5 são interpolações inseridas no relato da criação física, explicando que todas as coisas foram primeiramente criadas em forma espiritual no céu, antes de serem colocadas nesta Terra."(Joseph Fielding Smith, Doutrinas de Salvação, vol. I, p. 83.)

"Há quem afirme que Adão não foi o primeiro homem criado nesta Terra, e que o ser humano original desenvolveu-se de formas inferiores da vida animal. Tais idéias, entretanto, são teorias dos homens. A palavra do Senhor declara que Adão foi " 0 primeiro de todos os homens" (Moisés 1 :34J; temos, portanto, o dever de considerá-lo como o pai da raça humana. O Senhor mostrou ao irmão de Jarede que todos os homens foram criados no princípio segundo a imagem de Deus; e quer achemos que tal criação se referia ao espírito ou ao corpo, ou a ambos, isso nos leva à mesma conclusão: O homem iniciou sua vida neste planeta como um ser humano, semelhante a nosso Pai Celestial " É verdade que o corpo do homem inicia a sua carreira como um pequenino embrião, que se toma um bebê, vivificado até certa época pelo espírito em cujo tabernáculo se encontra, e a criança, após nascer, desenvolve-se até se tomar um homem. Nada existe neste processo, entretanto, indicando que o homem original, o primeiro da nossa raça, tenha iniciado sua existência como qualquer coisa inferior a um homem, ou menos que um germe ou embrião humano que nele se transforma. O homem, pela busca, não pode encontrar a Deus. Em hipótese alguma, sem auxílio, ele conseguirá descobrir a verdade concernente ao início da vida humana. O Senhor deve-se revelar ao homem, ou permanecer oculto; e o mesmo acontece aos fatos relativos à origem da raça adãmica - somente Deus pode revelá-la. Alguns destes fatos, entretanto, já são conhecidos, e o que nos foi dado a conhecer, temos a obrigação de aceitar e manter. A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, baseando a sua crença na revelação divina, antiga e modema, proclama que o homem, por linhagem direta, é progênie da Deidade. O próprio Deus é um homem - exaltado, aperfeiçoado, entronizado e supremo. Através de seu poder total, ele organizou a Terra e tudo o que nela há, de espírito a elementos, que existem coeternamente com Ele. Deus formou cada planta que cresce, todo animal que respira, segundo a sua própria espécie, espiritual e temporalmente - " 0 que é espiritual sendo à semelhança daquilo que é temporal; e aquilo que é temporal à semelhança do que é espiritual" (D&C 77:2). Ele criou o girino e o símio, o leão e o elefante, mas não os fez à sua imagem, nem os dotou de juízo e inteligência divina. Não obstante, toda Capítulo 7 a criação animal será aperfeiçoada e perpetuada na vida futura, cada espécie em sua "prescrita ordem ou esfera", e desfrutarão de "felicidade eterna". Este fato foi deixado bem claro nesta dispensação. (Doutrina e Convênios 77:3.) O homem é filho de Deus, criado na divina imagem e investido com atributos divinos. Assim como uma criança de pai e mãe terrenos é capaz de, no devido tempo, tomar-se um homem, os descendentes ainda não desenvolvidos de parentesco celestial, são capazes de, através da experiência de anos e eternidades, tomarem-se um Deus." (A Primeira Presidência ­ Joseph F. Smith, John R. Winder, e Anthon H. Lund, em James R. Clark, comp., Messages of the First Presidency of The Church of Jesus Christ of Latter-day Saints, 4:205-206; também parcialmente em Velho Testamento, Manual do Instituto, vaI. I, p. 31; e Debates para o Seminário de Preparação para o Templo, p. 10.)

"Não há um único homem nascido neste mundo que não tenha certa porção do Espírito de Deus, e é esse Espírito que lhe dá entendimento. Sem isso, seria apenas um animal sem entendimento, juízo, destreza ou capacidade, exceto para comer e beber, como fazem todos os irracionais. No entanto, uma vez que o Espírito de Deus dá entendimento a todos os homens estes se elevam muito acima dos animais. O homem ' foi criado à imagem do próprio Deus, a fim de que pudesse raciocinar, refletir, orar e exercer a fé; pode empregar suas energias para realizar os desejos de seu coração e, desde que aplique seus esforços na direção certa, tem direito a uma porção maior do Espírito do Todo-Poderoso, que o inspirará a adquirir mais inteligência, e a ser mais próspero e feliz nesta vida; porém, à medida que prostitui suas energias para o mal, a inspiração do Pai lhe será retirada, até tomar-se tão ignorante e rude no tocante ao conhecimento de Deus, que será tão estúpido quanto um animal irracionaL " (Joseph F. Smith, Doutrina do Evangelho, p. 58.)

"Sabemos que Jeová-Cristo, auxiliado por "muitos nobres e grandes" (Abraão 3 :22), dentre os quais Miguel é apenas um exemplo, realmente criou a Terra e todas as formas de vida vegetal e animal que existem em sua superfície. Porém, quando chegou o momento de colocar o homem neste planeta, houve uma substituição de Criadores. Isto é, o próprio Pai se envolveu pessoalmente. Todas as coisas foram criadas pelo Filho, usando o poder delegado pelo Pai, exceto o homem. Tanto no espírito como na carne, o homem foi criado pelo Pai. Não houve delegação de poder no que concerne à criação do homem." (Bruce R. McConkie, The Promised Messiah, p. 62. )   

Postagens mais visitadas deste blog

Uma ponderação sobre a excomunhão de uma Autoridade Geral

Com grande tristeza, por meio do porta-voz da Igreja, Eric Hawkis, soubemos de que James J. Hamula foi excomungado da Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias. Veja a notícia no site oficial da Igreja aqui. James J. Hamula [1] serviu por quase nove anos como uma Autoridade Geral da Igreja, um membro do Quorum dos Setentas. Fazia 28 anos que nenhuma Autoridade Geral era excomungada da Igreja. Certamente a notícia é triste [2], mas ensina lições importantes – que em vez de abalar, podem fortalecer a fé na obra de Deus. Recomendo a leitura deste artigo antes de prosseguir: https://mormonsud.net/voltando-a-igreja/pensamentos-sobre-a-excomunhao/

OS LÍDERES NÃO SÃO PERFEITOS, MAS A OBRA DE DEUS É Fiquei um pouco aborrecido com o sensacionalismo criado em torno da notícia da excomunhão do irmão Hamula. Sei que é algo incomodo, até perturbador. Alguns ficaram preocupados com a imagem da Igreja, outros, mais sensíveis, com a exposição do irmão Hamula e de sua família. Evidentemente n…

Joseph Smith disse ser maior do que Jesus Cristo?

Joseph Smith é o Profeta da Restauração. Quando era apenas um jovem, um anjo lhe disse que seu "nome seria considerado bom e mau entre todas as nações, tribos e línguas, ou que entre todos os povos se falaria bem e mal de [seu] nome." [1]
Não é de se admirar que falem tão mal sobre o Profeta. Comentando sobre isso, o Elder Neil L. Andersen, do Quorum dos Doze Apóstolos, disse:
“Seria de estranhar o mal que é falado contra ele [Joseph Smith]? Do Apóstolo Paulo foi dito que era louco e delirava. Nosso Amado Salvador, o Filho de Deus, foi rotulado de comilão, beberrão e endemoniado. O Senhor disse a Joseph, quanto a seu destino:
“Os confins da Terra indagarão a respeito de teu nome e tolos zombarão de ti e o inferno se enfurecerá contra ti;
Enquanto os puros de coração e os prudentes (…) e os virtuosos procurarão (…) bênçãos sob tuas mãos constantemente”.
Por que o Senhor permite que o mal seja falado ao mesmo tempo que o bem? Um dos motivos é que a oposição às coisas de Deus …

Nepotismo e o Evangelho de Jesus Cristo

Nepotismo é definido como favorecimento de parentes em cargos de responsabilidade. Uma pessoa que possui determinada posição ou cargo de poder beneficia os que possuem vínculo de parentesco - com um emprego, um cargo, um função, uma posição de destaque ou uma responsabilidade. Trata-se de uma prática ruim, pois geralmente desconsidera o mérito e os talentos para levar em consideração os laços familiares.


O evangelho de Jesus Cristo - que é o Plano de Deus para salvação do homem - ensina que todos os homens são iguais perante Deus (Jó 34:19, Atos 10:34, D&C 38:16 e 26) - irmãos e irmãs - porém, possuem talentos diferentes  (Mateus 25:15) - de modo que podem contribuir no Reino de Deus de maneira diversa (1 Coríntios 12:12-27).

Deus organizou Sua Igreja com diversos cargos para "o aperfeiçoamento dos santos, para a obra do ministério, para a edificação do corpo de Cristo, [para que] todos cheguemos à unidade da fé, e ao conhecimento do Filho de Deus, a homem perfeito, à medida …