Pular para o conteúdo principal

Meus 4 discursos favoritos de Elder Robert D. Hales

Com grande tristeza, durante a última sessão de Conferência Geral de outubro de 2017, recebemos a notícia de que Élder Robert D. Hales falecera.


O Élder Robert D. Hales foi apoiado como membro do Quórum dos Doze Apóstolos da Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias no dia 2 de abril de 1994. Desde então, tem discursado durante as Conferências Gerais. Revi seus discursos que se encontram no site da Igreja, e relembrei com gratidão seus muitos ensinamentos.


Porém, entre todos os seus discursos, há quatro que se destacam. Evidentemente se destacam pra mim. Talvez, se vocÊ tivesse que escolher quatro discursos - entre todos os dados pro Élder Hales, escolheria outros. Ainda assim, permita-me apresentar os meus favoritos:




Ser um Cristão mais cristão

No primeiro discurso , dado na Conferência Geral de Outubro de 2012, o Élder Hales ensina o que significa ser um verdadeiro cristão. Ele também diz o que significa tomar sobre nós o nome de Cristo.


Ele explica o que cada um dos seguintes termos significam: fé cristã, sacrifício cristão, zelo cristão, serviço cristão, paciência cristã, paz cristã, perdão cristão, conversão cristã e perseverança cristã até o fim.


Preservar o Arbítrio, Proteger a Liberdade Religiosa

O segundo discurso que selecionei enfoca uma prioridade profética de nossos dias. Nele o Élder Hales não só explica o que é liberdade religiosa, e qual sua importância, mas também indica “quatro pedras angulares da liberdade religiosa”: a liberdade de crer, a liberdade para compartilhar a fé, a liberdade para formar uma organização religiosa e a liberdade para viver nossa religião em público e em particular.


Ele afirmou:


“Alguns ficam ofendidos quando levamos nossa religião para o debate público, mas essas mesmas pessoas que insistem em dizer que seus pontos de vista e suas ações devem ser tolerados na sociedade geralmente hesitam muito em conceder essa mesma tolerância aos fiéis religiosos que também desejam que seus pontos de vista e suas ações sejam tolerados. A falta de respeito generalizada pelos pontos de vista religiosos está rapidamente se transformando em intolerância social e política pelas pessoas e instituições religiosas.”


Tornar-se Provedores Prudentes Temporal e Espiritualmente



Neste outro discurso, Elder Hales enfoca lições de autossuficiência vitais. El conta sobre lições que aprendeu com sua esposa.


“Aprendi a primeira lição quando éramos recém-casados e tínhamos bem pouco dinheiro. Eu estava na Força Aérea e não tínhamos passado o Natal juntos, pois recebera uma missão no estrangeiro. Quando voltei para casa, vi um bonito vestido na vitrine de uma loja e sugeri a minha esposa que, se ela gostasse, eu o compraria. Mary entrou no provador da loja. Depois de algum tempo, a balconista saiu, passou por mim e recolocou o vestido na vitrine. Ao sairmos da loja, perguntei-lhe: “O que aconteceu?” Ela respondeu: “Era um bonito vestido, mas não estamos em condições de comprá-lo!” Aquelas palavras foram direto ao meu coração. Aprendi que as três palavras mais amáveis são “Eu te amo”, e as quatro palavras mais carinhosas para aqueles a quem amamos são “Não estamos em condições”.


Ele prossegue contando que em outra ocasião, quando já tinham condições, era preciso avaliar se realmente não estariam comprando algo por luxo.


Coragem Cristã: O Preço de Seguir a Jesus

Mas talvez um dos discursos mais importantes do Élder Robert D. Hales pra mim seja este da coragem cristã.


Nele, o Elder Hales ensina como responder a nosso acusadores. Ele disse:


“Algumas pessoas pensam erroneamente que responder com silêncio, mansidão, perdão e ou prestar um humilde testemunho são sinal de fraqueza ou passividade. Mas, amar nossos inimigos, bendizer os que nos maldizem, fazer bem aos que nos odeiam e orar pelos que nos maltratam e perseguem (ver Mateus 5:44) exige fé, força e acima de tudo coragem cristã.”


Ele também ensinou - e isso é marcante:


“Quando os verdadeiros discípulos buscam a orientação do Espírito, eles recebem a inspiração adequada para tratar cada opositor. E a cada um, os verdadeiros discípulos respondem de maneira a convidar o Espírito a estar presente.”

Que grandes ensinamentos. Como sou grato por este poderoso servo de Deus, humilde e fiel - que dedicou-se tanto para nos mostrar como sermos mais cristãos. Que possamos lembrar de seus ensinamentos hoje e sempre

Postagens mais visitadas deste blog

Uma ponderação sobre a excomunhão de uma Autoridade Geral

Com grande tristeza, por meio do porta-voz da Igreja, Eric Hawkis, soubemos de que James J. Hamula foi excomungado da Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias. Veja a notícia no site oficial da Igreja aqui. James J. Hamula [1] serviu por quase nove anos como uma Autoridade Geral da Igreja, um membro do Quorum dos Setentas. Fazia 28 anos que nenhuma Autoridade Geral era excomungada da Igreja. Certamente a notícia é triste [2], mas ensina lições importantes – que em vez de abalar, podem fortalecer a fé na obra de Deus. Recomendo a leitura deste artigo antes de prosseguir: https://mormonsud.net/voltando-a-igreja/pensamentos-sobre-a-excomunhao/

OS LÍDERES NÃO SÃO PERFEITOS, MAS A OBRA DE DEUS É Fiquei um pouco aborrecido com o sensacionalismo criado em torno da notícia da excomunhão do irmão Hamula. Sei que é algo incomodo, até perturbador. Alguns ficaram preocupados com a imagem da Igreja, outros, mais sensíveis, com a exposição do irmão Hamula e de sua família. Evidentemente n…

Joseph Smith disse ser maior do que Jesus Cristo?

Joseph Smith é o Profeta da Restauração. Quando era apenas um jovem, um anjo lhe disse que seu "nome seria considerado bom e mau entre todas as nações, tribos e línguas, ou que entre todos os povos se falaria bem e mal de [seu] nome." [1]
Não é de se admirar que falem tão mal sobre o Profeta. Comentando sobre isso, o Elder Neil L. Andersen, do Quorum dos Doze Apóstolos, disse:
“Seria de estranhar o mal que é falado contra ele [Joseph Smith]? Do Apóstolo Paulo foi dito que era louco e delirava. Nosso Amado Salvador, o Filho de Deus, foi rotulado de comilão, beberrão e endemoniado. O Senhor disse a Joseph, quanto a seu destino:
“Os confins da Terra indagarão a respeito de teu nome e tolos zombarão de ti e o inferno se enfurecerá contra ti;
Enquanto os puros de coração e os prudentes (…) e os virtuosos procurarão (…) bênçãos sob tuas mãos constantemente”.
Por que o Senhor permite que o mal seja falado ao mesmo tempo que o bem? Um dos motivos é que a oposição às coisas de Deus …

Nepotismo e o Evangelho de Jesus Cristo

Nepotismo é definido como favorecimento de parentes em cargos de responsabilidade. Uma pessoa que possui determinada posição ou cargo de poder beneficia os que possuem vínculo de parentesco - com um emprego, um cargo, um função, uma posição de destaque ou uma responsabilidade. Trata-se de uma prática ruim, pois geralmente desconsidera o mérito e os talentos para levar em consideração os laços familiares.


O evangelho de Jesus Cristo - que é o Plano de Deus para salvação do homem - ensina que todos os homens são iguais perante Deus (Jó 34:19, Atos 10:34, D&C 38:16 e 26) - irmãos e irmãs - porém, possuem talentos diferentes  (Mateus 25:15) - de modo que podem contribuir no Reino de Deus de maneira diversa (1 Coríntios 12:12-27).

Deus organizou Sua Igreja com diversos cargos para "o aperfeiçoamento dos santos, para a obra do ministério, para a edificação do corpo de Cristo, [para que] todos cheguemos à unidade da fé, e ao conhecimento do Filho de Deus, a homem perfeito, à medida …